Estudo para as Células

07/05/2015

ESTUDO PARA CELULA

Semana de 18 de Maio

 

Tempos Incertos

Texto Bíblico : Mateus 6.25-34 

 

Introdução

Durante a grande crise econômica ocorrida em nossos tempos, muitas pessoas perderam seus empregos. Infelizmente, um parente foi uma delas. Escrevendo-me sobre a situação deles, uma irmã compartilhou que, embora tivessem incertezas, sentiam paz, pois sabiam que Deus cuidaria deles.

 


Escrito por Pastor Fabio às 08h37
[] [envie esta mensagem] []



VOCE ENCONTRA OS ESTUDOS PARA O MÊS DE MAIO LOGO ABAIXO.

Amados/as, vamos animados para o Encontro de Lideres. Será uma bênção. 

TENHAM TODOS UM MÊS ABENÇOADO. OREM PELOS INTEGRANTES DA CÉLULA:

- PARA SEREM EDIFICADOS/AS,

- TENHAM EM VISTA A MULTIPLICAÇAO, PARA A GLÓRIA DO SENHOR!

- Não se esqueça de reunir-se com seu/sua líder!


Escrito por Pastor Fabio às 08h36
[] [envie esta mensagem] []



ESTUDO PARA CELULA

Semana de 04 de Maio

 

RIQUEZAS DA ALMA

Texto Bíblico : Provérbios 30:1-9 

 

Introdução

C

om a esperança de ganhar um prêmio recorde de 640 milhões de dólares, os norte-americanos gastaram aproximadamente 1,5 bilhão de dólares em bilhetes de uma loteria interestadual no início de 2012. A probabilidade de vencer era de 1 em surpreendentes 176 milhões, mas as pessoas faziam filas em supermercados, postos de combustíveis e em cafés para arriscar na oportunidade de enriquecer. Algo em nós nos faz pensar que mais dinheiro resolverá nossos problemas e melhorará nossas vidas.

 

Desenvolvimento

A Bíblia fala de um homem chamado Agur o qual tinha uma perspectiva diferente a respeito das riquezas quando rogou a Deus para conceder-lhe dois pedidos antes de morrer.

 

1)- Viva em Integridade

Em primeiro lugar, disse ele: “…afasta de mim a falsidade e a mentira…” (Provérbios 30:8). A integridade é a chave para viver livre da ansiedade. Quando nada temos a esconder, nada temos a temer. O engano escraviza; a honestidade liberta.

2)- Viva Contente

Em segundo lugar, ele disse: “…não me dês nem a pobreza nem a riqueza; dá-me o pão que me for necessário” (v.8). O contentamento surge como resultado de confiarmos em Deus como nosso provedor e aceitarmos com gratidão o que Ele nos concede. Agur disse que o Criador “…estabeleceu todas as extremidades da terra […] ele é escudo para os que nele confiam” (vv.4-5).

Conclusão

Integridade e contentamento são riquezas da alma que estão disponíveis a todos. Nosso Senhor se agrada em dar esses tesouros a quem os pedir. O descontentamento nos empobrece ao passo que o contentamento nos enriquece!

 

APLICAÇÃO: Conversem um pouco sobre o tema, depois orem pelas pessoas.

 

Igreja Metodista – www.estudoparacelula.zip.net


Escrito por Pastor Fabio às 08h35
[] [envie esta mensagem] []



ESTUDO PARA CELULA

Semana de 11 de Maio

 

AMIZADES QUE SALVAM

Texto Bíblico : 1 Samuel 23.14-18

 

Introdução

A

 amizade é uma das maiores dádivas da vida. Amigos verdadeiros buscam um tipo especial de bem para seus queridos; o bem mais elevado: que eles possam conhecer Deus e amá-lo com todo o seu coração, alma e mente. O pastor e mártir alemão Dietrich Bonhoeffer disse: “O objetivo da amizade é determinado exclusivamente por aquilo que é a vontade de Deus para a outra pessoa.”

 

Desenvolvimento

1)- Boas amizades fortalecem a fé

Jônatas, amigo de Davi, é um excelente exemplo de amizade verdadeira. Davi estava no exílio, escondido no Deserto de Zife, ao saber que “…Saul saíra a tirar-lhe a vida…” (1 Samuel 23:15). Jônatas foi a Horesa para encontrar Davi. A importância dessa cena está na intenção de Jônatas: Ele ajudou Davi a encontrar forças em Deus ou, como diz o texto, “…lhe fortaleceu a confiança em Deus” (v.16).

 

2)- Boas amizades vem de Deus

Essa é a essência da amizade cristã. Além de interesses comuns e de afeição, além de inteligência e riso está o objetivo definitivo de semear nos outros as palavras de vida eterna, deixando-os com lembretes da sabedoria de Deus, revigorando seu espírito com palavras do Seu amor e fortalecendo a sua confiança em Deus.

 

3)- Nosso maior amigo é Cristo

João 15.13 -  Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. Os amigos à nossa volta são importantes. Mas temos a Cristo que não mediu esforços para ser nosso amigo e salvador. Nele você sempre poderá contar. Ele não decepciona ninguém.

 

Conclusão

Ore por seus amigos e peça a Deus para dar-lhe uma palavra “a seu tempo” para ajudá-los a encontrar forças renovadas em nosso Deus e Sua Palavra. Um amigo verdadeiro é um presente de Deus e alguém que nos aponta o caminho de volta a Ele.

 

APLICAÇÃO: Mostre a importância da Célula e da Igreja para fazer amigos.

 

 

Igreja Metodista – www.estudoparacelula.zip.net


Escrito por Pastor Fabio às 08h35
[] [envie esta mensagem] []



ESTUDO PARA CELULA

Semana de 18 de Maio

 

Tempos Incertos

Texto Bíblico : Mateus 6.25-34 

 

Introdução

Durante a grande crise econômica ocorrida em nossos tempos, muitas pessoas perderam seus empregos. Infelizmente, um parente foi uma delas. Escrevendo-me sobre a situação deles, uma irmã compartilhou que, embora tivessem incertezas, sentiam paz, pois sabiam que Deus cuidaria deles.

 


Escrito por Pastor Fabio às 08h34
[] [envie esta mensagem] []



 


Desenvolvimento

Aqueles que creem em Jesus podem ter paz em meio às incertezas, porque temos a certeza de que o nosso Pai celestial ama os Seus filhos e cuida de nossas necessidades (Mateus 6:25-34). Podemos levar todas as nossas preocupações a Ele com atitude de gratidão, confiando nele para satisfazer as nossas necessidades e nos dar paz (Filipenses 4:6,7).

 

1)- Jesus nos conserva em paz

E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus. —Filipenses 4:7

Esta “…paz de Deus, que excede todo o entendimento…”, escreve o apóstolo Paulo, “…guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus” (v.7). Dizer que a paz de Deus excede todo o entendimento revela que não podemos explicá-la, mas podemos vivenciá-la, pois Ele guarda os nossos corações e mentes.

 

2)- O Senhor nos sustentará

Salmos 3.5 -  Deito-me e pego no sono; acordo, porque o SENHOR me sustenta

Muitos se perdem por causa do medo de passar necessidade. Deus precisa nos livrar desse medo e dar-nos capacidade de crer nos seus cuidados. É claro que precisamos do emprego, do sustento de cada dia. Mas não temos escolha: ou entramos no desespero coletivo ou aprendemos a confiar que o Senhor nos sustentará. A histeria em nada vai nos ajudar; a confiança e a oração sim. Se confiarmos, sua promessa é: Eu o sustentaria com o trigo mais fino e o saciaria com o mel que escorre da rocha. Salmo 81.16

 

3)- Controle a ansiedade

1 Pedro 5.7 - lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

Nosso problema é a ansiedade. Não sabemos viver um dia de cada vez, como Jesus nos ensinou. Precisamos aprender com Ele através da leitura da Bíblia, pois Ele vivia dia a dia. Deixa as necessidades chegarem para tomar cada providencia. Resista ao nervosismo, à ansiedade que nos faz tomar decisões sempre erradas. Peça ao Espirito de Jesus Cristo para te livrar da ansiedade.

 

Conclusão

A nossa paz provém da confiança de que o Senhor nos ama e está no controle. Somente Ele proporciona o conforto que acalma os nossos nervos, preenche as nossas mentes com esperança e nos permite relaxar, mesmo em meio a mudanças e desafios.

 

 

APLICAÇÃO: Desafie os participantes da Célula a orar por suas necessidades e confiar mais em Deus do que nas más notícias.

 

Pr. Fabio Alcantara

 

 

Igreja Metodista – www.estudoparacelula.zip.net


Escrito por Pastor Fabio às 08h34
[] [envie esta mensagem] []



eSTUDO

ESTUDO PARA CELULA

Semana de 25 de Maio

 

COMO ESTOU VIVENDO?

Texto Bíblico: Gálatas 6.7-10

 

A

lgumas pessoas envelhecem graciosamente, enquanto outras se tornam mal-humoradas e reclamam bastante. É importante saber como estamos vivendo, porque envelhecemos cada dia que passa. O mais provável é que nos tornemos aquilo que estamos desenvolvendo durante toda a nossa vida.

 

Desenvolvimento

Aqueles que buscam o interesse próprio e pensam somente neles mesmos estão plantando as sementes que produzirão uma colheita de sofrimentos para eles próprios e para os outros. Por outro lado, aqueles amam a Deus e se preocupam com o próximo, estão semeando sementes que, em seu tempo trarão uma colheita de alegria.

 


Escrito por Pastor Fabio às 08h31
[] [envie esta mensagem] []



ESSTUDO


1)- Escolha boas sementes durante a vida

Gálatas6.7 - Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.

O escritor C.S. Lewis colocou desta maneira: “toda vez que você faz uma escolha está transformando a parte central do seu eu, a parte de você que faz escolhas, em algo um pouco diferente do que era antes”. Em que você está se transformando? Parecido com a sabedoria do Evangelho em Jesus Cristo; ou parecido com uma laranja podre, conforme o mundo?

 

2)- Tenha atitudes positivas durante a vida

Filipenses 2.14 -  Fazei tudo sem murmurações nem contendas,

Vivemos num mundo onde se cultua a murmuração e as noticias ruins. Paracemos urubus procurando carniça na TV, na Internet, no “zap-zap”. Isso tudo pode estar nos tornando amargos como vinagres e impedindo-nos de viver a vida como poderíamos: repletos de confiança de que Cristo está conosco em todos os momentos. Procure fazer tudo sem contenda: elas te fazem perder amigos, o bem mais precioso que alguém possui. Que tem um, tem um tesouro. Também viva sem murmuração. Ela amarga a alma e antecipa desgraças.

 

3)- Ande com Jesus

Romanos 8.29 -  Porque aqueles que já tinham sido escolhidos por Deus ele também separou a fim de se tornarem parecidos com o seu Filho. Ele fez isso para que o Filho fosse o primeiro entre muitos irmãos.

A amizade com Cristo te faz parecido com Ele. As pessoas amavam estar com Jesus Cristo. Ele era sábio, sabia desatar os nós da vida e salvava as pessoas de si mesmas. Se você estiver cada dia mais parecido com ele, estará no propósito de Deus.

 

APLICAÇÃO: As sementes que semeamos hoje determinam o tipo de fruto que colheremos amanhã.Desafie os participantes da Célula a buscar a Jesus sempre para tornar tudo isto possível. Isto se dá nas reuniões da Igreja, nas Células e nas orações individuais.

 

 

 

Pr. Fabio Alcantara – www.estudoparacelula.zip.net


Escrito por Pastor Fabio às 08h31
[] [envie esta mensagem] []


06/04/2015

ABRIL

VOCE ENCONTRA OS ESTUDOS PARA O MÊS DE ABRIL LOGO ABAIXO.

Amados/as, vamos animados para o Encontro de Lideres. Será uma bênção. 

TENHAM TODOS UM MÊS ABENÇOADO. OREM PELOS INTEGRANTES DA CÉLULA:

- PARA SEREM EDIFICADOS/AS,

- TENHAM EM VISTA A MULTIPLICAÇAO, PARA A GLÓRIA DO SENHOR!

- Não se esqueça de reunir-se com seu/sua líder!


Escrito por Pastor Fabio às 13h49
[] [envie esta mensagem] []



Estudo para Célula

Semana de 06 de Abril

 

Esperança Bíblica

 

Texto Bíblico: Hebreus 10.19-25

Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel. —Hebreus 10.23

 

Introdução

Embora eu tente não ficar chocado com as coisas que vejo nos dias atuais, fiquei passado com a mensagem escrita na camiseta de uma mulher quando ela passou por mim no shopping Center. Estava escrito: “A esperança é para os idiotas.” Com certeza, ser simplório ou crédulo pode ser tolo e perigoso. O otimismo infundado pode tragicamente gerar decepção e mágoa. Mas, uma maneira triste e cínica de enxergar a vida é não se permitir ter esperança.

 

Desenvolvimento

A esperança bíblica é singular; ela é uma ousada confiança em Deus e naquilo que Ele está fazendo no mundo e em nossas vidas. Algo que todos precisam!

 

1)- Seja corajoso

 Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, - Hebreus 10.19-20

Nos tempos difíceis precisamos ser corajosos. Mas coragem sem responsabilidade é tolice. Coragem bíblica é confiar em Jesus Cristo. Agora Ele nos deu autorização para entrar pela oração onde o Pai está para recebermos auxílio. O passe é o “sangue de Cristo”, que nos deixa confortáveis na presença de Deus para pedir sabedoria e força para viver. Experimente isso!

 

2)- Ouse confiar

Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel. Hebreus 10.23

 

Não é tolice ter esperança bíblica, pois isso tem um forte alicerce. Nós guardamos firme a esperança que recebemos em Cristo porque o nosso Deus é fiel. Podemos confiar nele em tudo que venhamos a enfrentar — hoje e sempre. Nossa esperança é fundamentada no caráter confiável do Deus que nos ama com amor eterno.

 

3)- Resista ao desânimo

Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima. Hebreus 10.25

Não fique sozinho. Carvão fora da brasa se apaga. Muitos se isolam movidos por uma revolta interna que os deixam apagados e destituídos de fé. Por isso as reuniões da Igreja e a célula são importantes, pois quando o povo se reúne, motivam-se mutuamente e adquirem animo para aumentar a esperança.

 

Conclusão

Portanto, a mensagem da camiseta estava errada. A esperança não é para os idiotas; ela é para você e para mim! A esperança alicerçada em Deus não desabará sob as pressões da vida.

 

 

 

 

 

 

Pr. Fábio Alcântara

 

H 


Escrito por Pastor Fabio às 13h48
[] [envie esta mensagem] []



Estudo para Célula

 

Semana de 13 de Abril

 

Pessoas Difíceis

 

Texto Bíblico:

Rogo-vos […] que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados […] suportando-vos uns aos outros em amor. —Efésios 4:1-2

 

Para Conversar:

Você conhece pessoas difíceis?

 

Introdução

No livro God in the Dock (Deus no banco dos réus), o autor C. S. Lewis descreve o tipo de pessoa com quem temos dificuldade de conviver. Egoísmo, raiva, ciúme ou outras peculiaridades frequentemente sabotam os nossos relacionamentos. Às vezes pensamos: A vida seria muito mais fácil se não tivéssemos que lutar com pessoas tão difíceis.

Lewis, em seguida, vira o jogo contra nós, ao destacar que estas frustrações são o que Deus tem de suportar conosco todos os dias. Ele escreve: “Você é exatamente este tipo de pessoa. Você também tem um defeito mortal em seu caráter. Todos os planos e esperanças dos outros continuamente naufragam em seu caráter, da mesma forma que os seus planos e esperanças têm naufragado no caráter dos outros.” Esta consciência deveria nos motivar a tentar mostrar a mesma paciência e aceitação que Deus demonstra a nós diariamente.

 

Desenvolvimento

A Bíblia é uma fonte de recursos para os bons relacionamentos. Quantas pessoas e famílias estão destruídas por falta de orientação que só Deus pode dar! Vejamos algumas direções da Palavra.

 

1)- Seja paciente

Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz; - Efésios 4.1-2.

No livro de Efésios, o apóstolo Paulo nos exorta a nos fortalecermos nos relacionamentos “… com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor” (4:2). Quem é paciente será capaz de lidar com uma pessoa difícil sem provocar ira e vingança. Em vez disso, ele ou ela será capaz de suportar melhor, demonstrando graça apesar do comportamento irritante.

 

2)- Não Julgue

Meu amigo, não importa quem você seja, você não tem desculpa quando julga os outros. Pois, quando você os julga, mas faz as mesmas coisas que eles fazem, você está condenando a você mesmo. Romanos 2.1

O julgamento é cruel. Quantas vidas nós “matamos” por fazer um pré-julgamento das suas atitudes.  A vida de todos nós já é difícil e piora quando somos julgados sem motivos concretos.  Muitas pessoas tem determinado comportamento por motivos sérios que desconhecemos. Precisamos ser misericordiosos, assim como Deus é conosco. Não seja melindroso. A Bíblia diz que quando julgamos os outros, nos identificamos réus do mesmo julgamento. E alguém já disse que “egoísmo é aquela qualidade que, quanto mais temos, mais detestamos nos outros”.

 

3)- Perdoe

 Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós; - Colossenses 3.13.

O ódio escraviza. O perdão liberta. O ódio conduz ao tronco dos escravos emocionais, mas o perdão ao trono da graça. Há muita gente que se encontra refém dos sentimentos escravizadores do ódio, vivento uma existência de espírito pequeno. Os ressentimentos evidenciam a presença insuportável de uma mágoa no coração. Há um provérbio oriental que afirma: “o fogo que você ateia em seu inimigo queima mais a você do que a ele”.  Peça a Cristo que te faça um perdoador e viva melhor.

 

Conclusão

Há pessoas difíceis em sua vida? Peça a Deus para demonstrar Seu amor por seu intermédio. Veja os outros como Deus lhe vê e tenha relacionamentos saudáveis. Gosto de brincar: quando você morrer, que seu velório seja cheio de gente e com muitas coroas de flores, e não um deserto, por ter sido alguém intratável. Quer melhorar seus relacionamentos? Apegue-se a Jesus Cristo.

 

Pr. Fábio Alcântara

 

H www.estudoparacelula.zip.net


Escrito por Pastor Fabio às 13h47
[] [envie esta mensagem] []



Estudo para Célula

 

Semana de 20 de Abril

 

Sem Receita Simples

 

Texto Bíblico: Hebreus 4.11-16

…não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado […] mas sem pecado. —Hebreus 4.15

 

Introdução

É gostoso fazer bolo. Algumas pessoas nos dão receitas e o modo de fazer. Seguimos os passos e tudo acaba bem. Não seria ótimo se a vida fosse assim? Seguir alguns passos fáceis e aproveitar a vida feliz.

Mas a vida não é simples assim. Vivemos num mundo decadente e não há uma receita fácil a seguir que irá garantir uma vida livre de dor, perda, injustiça ou sofrimento.

 

Desenvolvimento

Em meio às dores da vida, precisamos do cuidado pessoal do Salvador que viveu neste mundo e experimentou as mesmas dificuldades que enfrentamos. Cristo, que morreu para nos dar vida, é completamente suficiente para nos sustentar em nossas dores e experiências tristes. “…ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores…” (Isaías 53:4).

 

1)- Acheguemo-nos a Deus

Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna. Hebreus 4.16

Sou do tipo que não consegue pechinchar favor dos outros.  Isto me tem atrapalhado muitas vezes em relação a Jesus Cristo, pois transfiro para Ele o que as pessoas são. E Ele não é assim. A Bíblia afirma que precisamos chegar diante de Deus com ousadia, pois diferentemente do mundo, ele concede favor e graça nas horas de provações. Precisamos ser pedintes, mendigos que não tem vergonha de pedir. Assim seremos socorridos.

 

2)- Ele se identificou

“Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado.” Hebreus 4.15.

O fato de Jesus Cristo ter vindo a este mundo onde sofreu e morreu não afasta a dor de nossa vida. Mas mostra que Deus não ficou sentado, ocioso, vendo-nos sofrer sozinhos. Ele se tornou um de nós. Assim, conhecemos a reação de Deus em relação ao sofrimento humano. Ela sabe exatamente como enfrentamos a dor, pois da mesma forma passou por ela e tem compaixão de nós.

 

3)- “Agradeça a Deus pela dor”

Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. 1 Tessalonicenses 5.18

O Dr. Paul Brand, médico que dedicou sua vida a cuidar de doentes na África, dizia com absoluta sinceridade: “Agradeça a Deus pela dor!”. Por definição, a dor é desagradável, desagradável o suficiente para que afastemos os dedos do fogão. Todavia, exatamente essa qualidade nos reserva da destruição. Se o sinal de alarme não exigisse uma resposta, poderíamos não lhe dar atenção. A dor não é um erro crasso de Deus. A sensação de dor é um presente – o presente que ninguém quer.

A dor traz experiência.

A dor traz consciência da dependência de Deus.

A dor traz humildade.

A dor nos faz dar prioridade ao que é prioritário.

Na dor Deus sempre quer nos ensinar alguma coisa.

 

Conclusão

Concordo que a ideia surpreendente do “presente da dor” não soluciona muitos dos problemas ligados ao sofrimento. Mas é um ponto de partida de uma perspectiva realista da dor e do sofrimento. Com demasiada frequência o trauma emocional da dor intensa nos cega em relação ao seu valor inerente.

Jesus sabe que não há “receita” simples para prevenir as dores da vida, por isso Ele participa de nossas dores. Por isso Deus não nos apresentou palavras vazias sobre o problema da dor, mas apresentou-se a si mesmo. Confiaremos nele com nossas lágrimas e tristezas? O Cristo que morreu para nos dar vida nos sustentará em meio às dores.

 

 

 

Pr. Fábio Alcântara

 

 


Escrito por Pastor Fabio às 13h44
[] [envie esta mensagem] []



Estudo para Célula

 

Semana de 27 de Abril

 

Libertação

 

Texto Bíblico: Romanos 8.1-11

Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. —Romanos 8.1

 

Introdução

O elefante é o maior animal da Terra — e um dos mais poderosos. No entanto, é preciso apenas uma corda forte para contê-lo. É assim que funciona: o elefante quando jovem é amarrado a uma grande árvore. Durante semanas ele esticará e puxará a corda, mas ela o manterá preso. Ao final, ele desistirá.

Quando o elefante atinge a plenitude de seu tamanho e força, não lutará para libertar-se, pois quando sentir resistência, desistirá. Ele ainda acredita que está cativo e não pode se libertar.

 


Escrito por Pastor Fabio às 13h43
[] [envie esta mensagem] []



Estudo

 

Desenvolvimento

Você está preso por alguma situação na sua vida? Satanás pode usar um truque parecido conosco para manter-nos cativos.

1)- O pecado não tem mais domínio

Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça. Romanos 6.14

Como não somos capazes de obedecer a Lei, ficamos amaldiçoados. O cristão não está mais debaixo da lei como uma condição para ser aceito por Deus – uma condição impossível de cumprir e elaborada apenas para mostrar ao ser humano a sua pecaminosidade, e sim da graça, que permite a ele cumprir por completo, as justas exigências da lei. Jesus nos dá força para vencermos. Agora Deus nos deu Jesus. Deus não aboliu a Lei, mas as cumpriu no seu Filho.

O pecado exerce domínio sobre o corpo das pessoas. Elas ficam entregues às suas paixões muitas vezes destrutivas. Mas não é mais assim sobre os que foram convertidos por Jesus Cristo. O pecado não reina mais em nós, pois agora temos o poder de não obedecê-lo mais.  Se você pensa que é escravo de algum hábito interior ou exterior, saiba que Jesus Cristo te dá força para vencer. Você não precisa viver como um elefante domesticado. Não existem mais correntes em seus pés!

 

 

 

2)- Força para uma vida de sucesso

 Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Romanos 8.8

Estar na carne é ser escravo de hábitos autodestrutivos. Rancor, raiva, falta de controle e pensamentos que definham a alma são hábitos de pessoas que vivem na carne.  Muitos casamentos são desfeitos por atitudes como esta. Muitas amizades terminam mal por isto. Isto não é bom para ninguém, não é verdade? Você é infeliz por isto? Jesus nos dá libertação através da sua Palavra e do Espírito Santo. Você pode ter uma vida transformada e não andar mais na carne, mas de um modo abençoado e cheio de alegria e vitalidade.

 

3)- Nenhuma condenação

Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.  Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte. Romanos 8.1-2

Quando você recebe a Jesus Cristo como Senhor e Salvador, ele te liberta do pecado. Mas o inimigo das nossas almas tenta nos fazer acreditar que ainda somos dominados. Muita culpa também vem sobre nós, que embora crendo na obra de Cristo, ainda não somos perfeitos. Perfeição só quando Jesus voltar. Enquanto isso, não aceite acusações que venham te desanimar.  Quando o diabo ou sua mente vier te acusar, diga: perfeito é o Senhor Jesus. Eu vivo pela fé! Não aceito suas acusações porque Deus já me aceitou em Cristo.

 

Conclusão

O que devemos fazer então? Refletir sobre o que Cristo fez. Ele morreu por nossos pecados e declarou o fim do domínio do pecado sobre nós. Ele ressuscitou dos mortos e nos deu o Espírito Santo. Agora, somos capazes de viver vitoriosamente nele porque “…habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos…” (v.11). Somos livres em Cristo. Experimente a verdadeira liberdade — leve todo pensamento cativo em obediência a Cristo.

 

 

 

 

 

Pr. Fábio Alcântara

 

 


Escrito por Pastor Fabio às 13h43
[] [envie esta mensagem] []


06/03/2015

Estudos Março

VOCE ENCONTRA OS ESTUDOS PARA O MÊS DE MARÇO LOGO ABAIXO.

Amados/as, vamos animados para o Encontro de Lideres. Será uma bênção. 

TENHAM TODOS UM MÊS ABENÇOADO. OREM PELOS INTEGRANTES DA CÉLULA:

- PARA SEREM EDIFICADOS/AS,

- TENHAM EM VISTA A MULTIPLICAÇAO, PARA A GLÓRIA DO SENHOR!

- Não se esqueça de reunir-se com seu/sua líder!


Escrito por Pastor Fabio às 15h19
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   



BRASIL, Sul, GUARAPUAVA, SANTA CRUZ, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese


Histórico

OUTROS SITES
    Blog do Pastor Fabio
  Igreja Metodista
  Igreja Metodista Guarapuava


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog