Estudo para as Células

06/05/2018


Escrito por Pastor Fabio às 15h55
[] [envie esta mensagem] []



estudo

SEMANA DE 07 DE MAIO

 

Deixando a Zona de Conforto

 

Textos: Mateus 14: 27-32 e Marcos 10:35-37

 

Quebra-gelo: Você já teve que enfrentar seu medo para conseguir algo que queria muito?

 

Introdução:

Muitos hoje se sentem insatisfeitos com a situação em que se encontram, tem o desejo de mudar, de crescer, de progredir. Apesar desse desejo, boa parte das pessoas não experimentará o crescimento que deseja. Por quê? São vários os motivos, mas o maior deles é o medo. Apesar de quererem crescer as pessoas tem medo de arriscar, de perder o que já conquistaram, de não conseguir, de passar vergonha, de não ter clareza sobre o que fazer, da crítica de outros, etc. São tantas as variações dos medos que paralisam as pessoas as impedindo de crescer e, com certeza, você já deve ter lidado com algum medo desse tipo.

     Para crescermos teremos que enfrentar nossos medos várias vezes. Na vida cristã, não é diferente, também sentiremos medo no nosso processo de crescimento em Deus. Nos textos desse estudo temos um bom exemplo do que precisamos fazer se quisermos crescer em Deus, conhecer melhor ao Senhor e ter intimidade com Ele.

 

     Se você deseja crescer em Deus:

1)Vença o medo. Ouse pedir e agir.

     O texto de Mateus 14 nos mostra o episódio em que os discípulos estavam se batendo com o forte vento no meio do mar. Esse vento dificultava remar, e após muitas horas remando sem conseguir atravessar para o outro lado eles se sentiam cansados, sem forças e temerosos. Estavam com medo de morrer. Quando Jesus vai encontrá-los andando sobre as águas eles gritam de medo, mas logo que descobrem que é Jesus, Pedro, um dos que gritou de medo, pede a Jesus que Ele o deixe andar sobre as águas para ir encontrá-lo, Jesus diz: vem, e ele vai e anda um pouco sobre a água, só que volta a ter medo e afunda. Quer crescer em Deus? Vença o medo, peça a Deus o que deseja experimentar na vida com Ele e vá.

 

2)Aprenda sempre.

     Pedro andou em pouco, deixou o medo dominá-lo novamente, mas aprendeu com seu erro, prosseguiu, cresceu e mais tarde se tornou um motivador de muitos pelo seu exemplo de fé, ousadia e sinais. Quer crescer em Deus? Aprenda com seus a certos e com seus erros. Aprenda sempre.

 

3)Não desista. Não volte atrás. Persevere, fazendo isso você crescerá.

     Pedro aprendeu com seu erro, mas não deixou que seu erro o desanimasse, que o fizesse desistir. Ele continuou, errou em outras situações, perseverou novamente e cresceu. Você também irá errar. Persevere, aprenda e, com certeza, você crescerá e se tornará o que Deus sonha para você.

 

Conclusão:

Você quer crescer em Deus? Quer crescer em conhecimento e intimidade com o Senhor? Então entregue sua vida a Ele. Deixe-o guiá-lo e orientá-lo. Vença seu medo, peça, aja, se errar admita seu erro, aprenda com ele e prossiga em frente. Não desista, prossiga, agindo assim, com certeza você crescerá em Deus. Quer fazer isso?

Pr. Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 15h45
[] [envie esta mensagem] []



estudo

SEMANA DE 07 DE MAIO

 

Deixando a Zona de Conforto

 

Textos: Mateus 14: 27-32 e Marcos 10:35-37

 

Quebra-gelo: Você já teve que enfrentar seu medo para conseguir algo que queria muito?

 

Introdução:

Muitos hoje se sentem insatisfeitos com a situação em que se encontram, tem o desejo de mudar, de crescer, de progredir. Apesar desse desejo, boa parte das pessoas não experimentará o crescimento que deseja. Por quê? São vários os motivos, mas o maior deles é o medo. Apesar de quererem crescer as pessoas tem medo de arriscar, de perder o que já conquistaram, de não conseguir, de passar vergonha, de não ter clareza sobre o que fazer, da crítica de outros, etc. São tantas as variações dos medos que paralisam as pessoas as impedindo de crescer e, com certeza, você já deve ter lidado com algum medo desse tipo.

     Para crescermos teremos que enfrentar nossos medos várias vezes. Na vida cristã, não é diferente, também sentiremos medo no nosso processo de crescimento em Deus. Nos textos desse estudo temos um bom exemplo do que precisamos fazer se quisermos crescer em Deus, conhecer melhor ao Senhor e ter intimidade com Ele.

 

     Se você deseja crescer em Deus:

1)Vença o medo. Ouse pedir e agir.

     O texto de Mateus 14 nos mostra o episódio em que os discípulos estavam se batendo com o forte vento no meio do mar. Esse vento dificultava remar, e após muitas horas remando sem conseguir atravessar para o outro lado eles se sentiam cansados, sem forças e temerosos. Estavam com medo de morrer. Quando Jesus vai encontrá-los andando sobre as águas eles gritam de medo, mas logo que descobrem que é Jesus, Pedro, um dos que gritou de medo, pede a Jesus que Ele o deixe andar sobre as águas para ir encontrá-lo, Jesus diz: vem, e ele vai e anda um pouco sobre a água, só que volta a ter medo e afunda. Quer crescer em Deus? Vença o medo, peça a Deus o que deseja experimentar na vida com Ele e vá.

 

2)Aprenda sempre.

     Pedro andou em pouco, deixou o medo dominá-lo novamente, mas aprendeu com seu erro, prosseguiu, cresceu e mais tarde se tornou um motivador de muitos pelo seu exemplo de fé, ousadia e sinais. Quer crescer em Deus? Aprenda com seus a certos e com seus erros. Aprenda sempre.

 

3)Não desista. Não volte atrás. Persevere, fazendo isso você crescerá.

     Pedro aprendeu com seu erro, mas não deixou que seu erro o desanimasse, que o fizesse desistir. Ele continuou, errou em outras situações, perseverou novamente e cresceu. Você também irá errar. Persevere, aprenda e, com certeza, você crescerá e se tornará o que Deus sonha para você.

 

Conclusão:

Você quer crescer em Deus? Quer crescer em conhecimento e intimidade com o Senhor? Então entregue sua vida a Ele. Deixe-o guiá-lo e orientá-lo. Vença seu medo, peça, aja, se errar admita seu erro, aprenda com ele e prossiga em frente. Não desista, prossiga, agindo assim, com certeza você crescerá em Deus. Quer fazer isso?

Pr. Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 15h45
[] [envie esta mensagem] []



estudo

SEMANA DE 14 DE MAIO

 

ACESSO LIBERADO

 

Texto Bíblico:

Mateus 9. 27-31 / Hebreus 4.16

 

Quebra Gelo:

Você já teve medo de chegar perto de alguém muito importante?

 

Introdução

Em 1682, o rei Luís XIV tornou Versailles a capital da França e ela permaneceu como a capital do país (exceto por um curto período) até 1789, quando foi transferida novamente para Paris. O belo palácio de Versailles incluía um abastado Corredor de Espelhos com aproximadamente 73 metros de comprimento. Quando um visitante se aproximava do rei, tinha que fazer reverência a cada cinco passos, enquanto percorria toda aquela distância para encontrar o rei sentado em seu trono prateado e reluzente! Os emissários estrangeiros que vinham à França se submetiam a esse ritual humilhante para obter o favorecimento do monarca francês aos seus países.

 

Desenvolvimento

Por outro lado, nosso Deus, o Rei dos reis, convida o Seu povo a aproximar-se livremente do Seu trono. Podemos nos achegar a Ele a qualquer hora -- sem marcar hora e sem precisarmos nos curvar diante dele!

Como deveríamos ser gratos porque nosso Pai Celestial é bem mais receptivo! "... porque, por ele… temos acesso ao Pai em um Espírito" (Efésios 2:18). Por isso, o escritor de Hebreus nos incentiva a "Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna" (Hebreus 4:16).

 

Note as atitudes dos cegos

1)- Tiveram acesso direto a Jesus, consequentemente ao Pai – v. 27

Quando nos aproximamos de Jesus, cremos que ele nos ouve imediatamente. Não estamos mais sob a velha Lei que nos mpedia de chegar ao Pai. Jesus nos abriu um novo e vivo caminho. Quando você ora, pode crer que ele te recebe.

Os dois cegos foram até Jesus não se importando com protocolo, seguranças ou outro impedimento. Eles ousadamente se aproximaram. Jesus gosta dos ousados. A ousadia agrada a Deus.

 

2)- Creram que Jesus podia fazer o que propusera – v. 28

Nossa fé entra em ação quando cremos que Jesus pode fazer todas as coisas que ele se propôs  a fazer. A Palavra Diz que Seu ministério era o de libertar. Podemos fazer parte do ministério de libertação de Jesus quando deixamos Ele cumprir seu papel.

Lucas 4.18 -    O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, 19   e apregoar o ano aceitável do Senhor.

Permita que Jesus cumpra sua missão!

 

3)- Foram libertos pela fé – v. 29

Tudo é feito conforme cremos. Tenho muito respeito por aquele que crê. As vezes encontramos pessoas orando e jejuando por coisas “absurdas”, muito difícil. Mas quando você encontrar uma pessoa assim, tenha muito respeito.

Jesus respeitou a fé daqueles cegos. Eles entraram confiadamente no trono da graça, pois o acesso agora está livre para todo aquele que crê. A fé é a aceitação dos fatos da bíblia. Ela poderá revolucionar a sua vida.

 

Conclusão/Desafio

Você já respondeu ao convite de Deus? Venha com reverência e gratidão, pois o Deus deste universo está disposto a ouvir as suas petições a qualquer momento.

Ele quer surpreender você quando ousar a crer.

Pr. Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 15h45
[] [envie esta mensagem] []



estudo

SEMANA DE 21 DE MAIO

 

O Mandamento mais importante

 

Textos Bíblicos:

Mateus 22.34-40 / 1 João 3.11-18

 

Quebra Gelo: Você tem estado na situação de ter que suportar pessoas difíceis?

 

Introdução

Certa vez a missionária Tereza de Calcutá foi questionada por um repórter sobre o motivo de ter doado a vida pelos leprosos na Índia. Sua resposta foi que Jesus poderia estar escondido em alguma daquelas pessoas pelo qual dava sua vida.

O amor é a regra máxima do cristianismo. Ou nos adaptamos à mensagem ou abandonamos a Jesus, pois ele veio dar a vida pelos seus amigos.

 

Desenvolvimento

A Bíblia conta que os fariseus estavam tentando achar alguma prova contra Jesus, pois muitos religiosos estavam irritados com ele por causa da transparência da palavra que havia em Jesus e o descortinar da hipocrisia que viviam.

Um mestre da Lei judaica quis usar as próprias escrituras para tentar incriminar Jesus e dissimuladamente, chamando a Jesus de “mestre”, perguntou qual o maior de todos os mandamentos (v.36), o qual Jesus respondeu que era o amor a Deus acima de todas as coisas (37). Porem, a revolução trazida por Jesus foi a de colocar um segundo mandamento muito parecido e tão importante como o primeiro: “ame os outros como você ama a você mesmo”, resumindo toda a Lei de Moisés e os ensinamentos dos profetas.

Podemos entender que Jesus deseja nos ensinar que:

 

1)-Religião e conhecimento bíblico não são suficientes para nos tornar discípulos salvos

Para os judeus era suficiente o conhecimento da Lei que não levava em conta a prática do amor às pessoas. Eles matavam as pessoas com a Bíblia na mão. Prezavam a letra e matavam as pessoas. Viravam as costas para elas.

A pregação de Jesus foi o amor ao próximo e ele não admite uma vida crista que não leva em conta o amor. Esse amor não é simplesmente bajulação ou coisa parecida; mas uma vida que suporta e expressa misericórdia àqueles que estão próximo de nós.

 

2)- Não tenhamos o espírito de Caim

Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas. 1 Joao 3.12

Caim era mau, invejoso e odiava seu irmão. A Palavra de Deus diz que quando odiamos, nos assemelhamos a Caim. Por isso devemos sempre estar atentos quando o assunto é o nosso próximo, pois sempre que defraudamos e expomos a vergonha de alguém, somos reprovados por Deus e dignos de severa repreensão da parte do Pai, alem de atrair maldição sobre nossa vida.

 

3) – Devemos colocar nossa fé em prática

Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?  Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. 1 Jo 3.17-18

João Wesley dizia: “Nas mãos dos filhos de Deus, o dinheiro é alimento para o faminto, bebida para o sedento, vestuário para o nu. Ele oferece ao viajante e ao estrangeiro um lugar para repousar sua cabeça. Com dinheiro poderemos suprir a falta do marido para a viúva e a falta do pai para o órfão. Podemos ser defensores dos oprimidos, dar condições de saúde para os doentes e aliviar os que sofrem dores. O dinheiro poderá ser os olhos para o cego, os pés para o aleijado: um voto a favor dos que estão à beira da morte!”

 

Conclusão/Desafio

Como você tem vivido sua vida cristã? Lembremo-nos dos fariseus, religiosos da época de Jesus que foram duramente repreendidos e mostraram que viviam uma religião falsa. Vamos olhar para Jesus e deixar que sua vida de auto-doação nos inspire a tal modo de realmente sermos sal e luz neste mundo. Se você tem pecado nesta questão, peça perdão ao Senhor Jesus e que ele te dê porção dobrada do Espírito Santo para viver a plenitude do discipulado.

 

Pr. Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 15h44
[] [envie esta mensagem] []



estudo

SEMANA DE 28 DE MAIO

 

Uma nova oportunidade

 

Texto Bíblico:

Lucas 23.32-43

 

Introdução

O monte Calvário, em Jerusalém, também conhecido como Gólgota, é uma colina fora das muralhas da cidade. É uma elevação que se assemelha a um crânio e não parece haver dúvida de que a referência a uma caveira (Mateus 27:33) é uma alusão ao formato dessa elevação.

Ali no monte Calvário, encontramos oportunidades para tudo o que estava perdido, até para nossa própria vida.

 

Desenvolvimento

No calvário está o maior acontecimento da história e o mais importante para a nossa vida: Jesus sendo crucificado entre dois bandidos.  Um deles entra no coro da multidão e blasfema contra Ele. O outro, arrependido do seu pecado, reconhece que Jesus é o filho de Deus e clama por misericórdia:

“E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje mesmo estarás comigo no paraíso”. (VS 42-43)

Mesmo condenado à morte e já no final da vida, esse homem recebe o maior de todos os milagres: a salvação eterna. Jesus lhe deu o passaporte para uma vida gloriosa ao lado dEle, no paraíso. No Calvário, encontramos a grande prova do amor de Deus, dando-nos Seu único Filho, para morrer em nosso lugar na horrível cruz. Nenhum outro líder religioso morreu por nós. E lá estava homem pecador, totalmente perdido, sem esperanças, recebendo tão grande salvação.

 

Se quisermos aproveitar uma nova oportunidade do Alto:

1)- Precisamos crer que Jesus não nos deixará sem forças

Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar. (I Coríntios 10 : 13)

 

Muitas vezes parece que você não vai suportar as aflições? Que a corda vai arrebentar? Fique tranqüilo, ela é forte o suficiente para te suportar! Tudo o que passamos está sob a administração do Senhor na nossa vida. As vezes nos perguntamos se suportaríamos passar por uma grande dificuldade novamente: prisão, morte, divórcio, desemprego, etc... a resposta é que quando precisarmos, a força que vem de Deus abrirá as comportas novamente para sermos providos de força e coragem novamente.

Confiemos no Senhor que não passamos nada que não possamos suportar, mas Deus nos dará o escape no momento certo.

 

Se quisermos aproveitar uma nova oportunidade do Alto:

2)- Precisamos saber que sem Jesus nada podemos fazer

Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. (João 15 : 5)

Nada podemos fazer sem Jesus.

Sem Ele somos como um barco à deriva numa tempestade. Por isso todos os dias precisamos ser fortalecidos na força do Senhor. Ele disse que é a Videira e nós os ramos. Sem o tronco da videira todos secam e morrem espiritualmente e padecem no caminho desta vida. Estarmos ligados à videira é fundamental para nós. Nossa vida é Cristo e com ele nada está perdido.

No monte Calvário encontramos esperança até no último momento da vida. Assim foi com aquele homem que teve sua chance antes de seu coração parar de bater!

 

Conclusão/Desafio

Se você ainda não recebeu Jesus como Senhor e Salvador, faça isso agora. Não estou falando em ser religioso ou acreditar na sua história. Estou falando em assumir um compromisso radical com Ele de segui-lo até o fim. Estou falando em descer do trono do coração e dar lugar a Ele para dirigir a sua história.

Pr. Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 15h43
[] [envie esta mensagem] []


31/03/2018


Escrito por Pastor Fabio às 21h09
[] [envie esta mensagem] []



ESTUDO

Semana de 02 de Abril

Força Para Viver

 

Quebra-gelo: Você já se sentiu tão cansado e desanimado ao ponto de pensar em desistir de algo que julgava importante?

 

Textos: Salmo 23:1-4 e Mateus 11: 28-29

 

Introdução: Quantos já se sentiram cansados e sobrecarregados? Quantos já se sentiram desanimados ao ponto de desistir?

     Aprendemos um estilo de vida que sobrecarrega e cansa. Valores, objetivos, lutas diárias para alcançar um lugar ao sol em um mercado saturado e competitivo, dedicação do tempo a ganhar dinheiro. Existem tempos em que a coisa se torna tão difícil, tão pesada, que nos preocupamos com o básico para vivermos e mesmo isso parece tão difícil de conseguir. A preocupação com o hoje é tão grande que não conseguimos nem pensar no futuro, não conseguimos nos organizar e planejar.

     Davi foi um homem que passou por isso, que viveu essa realidade e superou ao ponto de fazer a declaração do Salmo 23. Você gostaria de, como Davi, encontrar forças para prosseguir e vencer? Gostaria de encontrar alívio e renovação:

 

1)Se quisermos alívio devemos ir a Deus.

          Não há outro lugar de descanso para a alma do cristão a não ser junto a Deus ou a Jesus (Salmo 91:10 e Salmo23:1-3). Para o físico o mundo oferece descanso, para a alma não. Só oferece ilusão (engano). Quer ter alívio verdadeiro e encontrar força para continuar? Aprenda a levar sua ansiedade a Deus. Vá a Ele.

 

2)Aprenda um novo estilo de vida que dá descanso a nossa alma com Jesus.

          Aprendemos muitas coisas que pareciam boas, mas que nos trouxeram a esse desgaste e cansaço. Se quisermos encontrar alívio e descanso para a alma precisamos reaprender a viver com Jesus e seus ensinamentos. Quer ter alívio verdadeiro e encontrar descanso? Renove seus conceitos. Aprenda com Jesus.

 

3) Só é possível encontrar alívio se confiamos em Jesus.

     Precisamos confiar inteiramente para podermos descansar. É o caso de Davi, por isso pode dizer o que diz no Salmo 23. Quer encontrar descanso e alívio? Aprenda a confiar em Jesus.

 

 Conclusão: Quer encontrar alívio e descanso para a alma cansada? Está disposto(a) a ir a Ele, aprender com Jesus e entregar sua vida a Ele confiando que Ele fará o melhor?

 Observação: Líder, incentive-os a lerem a Bíblia para conhecerem melhor a Deus e aprenderem a confiar Nele

 Pr. Fábio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 21h03
[] [envie esta mensagem] []



ESTUDO

Semana de 9 de Abril

 

 O segredo da vida feliz

 

E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos. (Colossenses 3 : 15)

 

Quebra Gelo: Você já parou para pensar no que deixa sua vida infeliz?

 

Introdução

Visitando um amigo pastor aposentado, de 87 anos, numa dessas sentadas na varanda, perguntei qual o segredo de uma vida tranqüila, tal como via nele. A resposta me chocou pela obviedade: “o importante é ter paz com Deus e um coração agradecido. É, temos que ter gratidão!”

Muitas são as mazelas interiores que torna uma vida infeliz. Todos têm sua história que muitas vezes deixou suas marcas de tristeza, fracasso e culpa. Quem alguma vez nunca se sentiu a pessoa mais inútil da terra?

Mas quando conhecemos o evangelho de Deus, descobrimos que Jesus é a compensação para todo fracasso humano e que traz a satisfação para a vida.

 

Desenvolvimento:

Podemos compreender que:

1- O primeiro fundamento da vida satisfeita é a Paz com Deus.

Colossenses 2.14 - Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.

Paz com Deus é o cessar das exigências pela fé na obra de Jesus Cristo. Temos paz com Ele quando ouvimos: “você não me deve mais nada!”

Todo montante de erros que pesam sobre uma vida vem do pecado que pesava nos nossos ombros. O pecado tem o poder de destruir uma vida, pois é semelhante a olhos que está o tempo todo buscando algo para nos acusar. Quem pode viver assim?

O evangelho é o encontro do descanso. Jesus veio para aliviar aqueles que nele crêem da tirania da cobrança, pagando a divida dos pecadores e lhes trazendo paz.

 

2- O segundo fundamento da vida satisfeita é a gratidão.

...e sede agradecidos.

A gratidão é a linguagem do Reino de Deus. Para Ele, existem apenas duas línguas neste mundo: a língua do Seu Reino e a do reino das trevas. A primeira linguagem é a da gratidão e a outra a da queixa.

Muitos cristãos vivem no Reino de Deus sem falar a língua do Reino. São limitados. Falam um pouquinho o crentês: glória a Deus, Aleluia; mas depois de algumas palavras não sabem mais o que falar e começam a reclamar. A gratidão traz saúde e felicidade.

 

Conclusão:

A vida cristã vem acompanhada dos mais ricos instrumentos para uma vida feliz: começa com o perdão dos pecados e termina com uma linda morada no céu (João 14.2-3).

Você tem tido uma vida infeliz, insatisfeita? Volte-se para Deus, pois ele é a resposta para os anseios da tua alma. Faça agora um propósito de reconhecer sua graça e perdão e de agradecer-lhe por todas as coisas.

Pr Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 21h02
[] [envie esta mensagem] []



Semana de 16 de Abril

Libertos do Medo

 

Quebra-gelo: Você já sentiu medo?

 

Texto: Mateus 14:25-32

 

Introdução: O medo não é algo ruim. Em várias situações ele nos ajuda. Por causa do medo muitos se livram de situações que podem trazer problemas e até mesmo risco a vida; porém o medo pode se tornar um problema quando ele nos paralisa, nos impede de arriscar para crescer.

     Na vida cristã o medo também pode nos prejudicar ou nos ajudar. Quando deixamos de pecar porque temos medo de desagradar a Deus é algo bom, mas quando o medo nos faz duvidar de Deus, gera insegurança e nos impede de receber com fé a Palavra que Deus tem nos dado é um grande problema.

     Se quisermos crescer em intimidade e conhecimento de Deus precisamos vencer o medo pois:

 

1)O medo pode nos fazer afundar.

     Quando olhamos para o texto de Mateus 14 vemos que Pedro havia recebido uma palavra de Jesus que gerou confiança e o motivou a fazer algo extraordinário, porém a tempestade de vento ainda estava ali. Quando Pedro repara no vento e nas ondas ele teme e começa a afundar. Se não quisermos afundar temos que aprender a confiar em Jesus. Quer ser vitorioso(a) e realizar coisas extraordinárias? Vença o medo e confie em Jesus.

 

2)O medo nos faz esquecer das palavras e promessas de Deus.

     Quando Pedro reparou no vento e teve medo, esqueceu da palavra de Jesus que havia recebido. Foi essa palavra de Jesus que despertou a fé e o fez caminhar sobre as águas. A tempestade não havia cessado, mas não estava mais afetando Pedro até ele olhar para ela novamente e esquecer-se da Palavra de Jesus. Quer ser vitorioso(a)? Não olhe para as lutas, busque a Jesus e dê atenção ao que Ele diz. Vença o medo e lembre-se das palavras de Jesus.

 

3)O medo nos impede de ser aperfeiçoados.

     Se Pedro tivesse reparado no vento antes de sair do barco nunca teria dado alguns passos sobre as águas, e poderia ter continuado andando se não tivesse reparado depois. A Bíblia diz que a vida cristã é vivida pela fé (confiança) em Deus, não pela nossa razão. O medo nos faz questionar, nos torna mais racionais e menos crentes. Você recebeu uma palavra de Jesus? Tem certeza que é Ele quem falou? Então vença o medo e arrisque. Isso o(a) fará crescer em Deus e te fará um vitorioso(a).

 

Conclusão: Quer crescer em conhecimento e intimidade com Deus? Vença o medo e aprenda com Deus; ouça o que Ele diz e obedeça. Confie em Deus e Ele te dará a vitória. Quer isso?

 

Pr Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 21h01
[] [envie esta mensagem] []



ESTUDO

Semana de 23 de Abril

 

DIFICIL DE AMAR

 

LEITURA BIBLICA – Atos 13.13-23

 

Introdução

Os jovens são pessoas em formação que necessitam de muita experiência da vida para controlar seus impulsos. Por muitos anos lidei com eles e tive que ter paciência, exortando-os com cuidado para não espantá-los. Embora eu fosse gentil e amoroso por fora, frequentemente sentia, em meu íntimo, estar apenas suportando. Isso me fez refletir, em oração, sobre como um Pai celestial amoroso provê para Seus filhos difíceis.

 

Desenvolvimento

 

1)- Sejamos pacientes

Atos dos Apóstolos 13.18 -  e suportou-lhes os maus costumes por cerca de quarenta anos no deserto;

Ao contar a história dos israelitas durante o êxodo, Paulo disse: “[Deus] suportou-lhes os maus costumes por cerca de quarenta anos no deserto” (Atos 13:18). Em grego, “suportar” provavelmente significa prover pacientemente as necessidades das pessoas, a despeito de uma reação ingrata. Assim como Deus é conosco, devemos ser com os outros.

 

2)- Devemos evitar apontar o erro dos outros

Romanos 2.1-  Portanto, és indesculpável, ó homem, quando julgas, quem quer que sejas; porque, no que julgas a outro, a ti mesmo te condenas; pois praticas as próprias coisas que condenas.

Uma boa definição de “egoísmo”: egoísmo é aquela atitude que, quanto mais nós temos, mais detestamos nos outros. Cuidado ao apontar defeitos. Geralmente eu fico longe dos “delatores premiados”.  Ao julgarmos, tornamo-nos réus do mesmo julgamento.

 

3)- Sermos pacientes

2 Timóteo 2.24 -  Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender, e sim deve ser brando para com todos, apto para instruir, paciente,

Algumas pessoas podem não reagir favoravelmente aos nossos esforços para demonstrar cuidado e preocupação. Quando isso acontece, pode ser útil lembrar-se de que Deus é paciente conosco. E Ele nos deu o Seu Espírito para ajudar-nos a reagir com amor com os que são difíceis de amar ou ingratos (Gálatas 5:22-23). Que o Senhor, nos dê o fruto do Espirito, a paciência, para amarmos qualquer pessoa de nossas vidas que seja difícil de amar.

 

Aplicação: Seja tão paciente com os outros quanto Deus tem sido com você.

Pr. Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 21h00
[] [envie esta mensagem] []



ESTUDO

Semana de 30 de Abril

 

O Fermento dos Fariseus

 

Texto Bíblico:

Mateus 16.5-12

 

Quebra Gelo:

Você gosta de ler mais a Bíblia ou Orar?

 

Introdução

Muitas vezes nossa fé e caminhada com Deus parece andar como um relacionamento com aquele colega de trabalho no qual não temos nem vontade de falar com ele por falta de intimidade e assunto. Nossa vida se torna enfadonha e sem motivação.

 

Desenvolvimento

Os fariseus eram um grupo de religiosos que andavam lendo as escrituras por tradição e que não conheciam de fato a Deus. Achavam que seguir Sua lei era o suficiente porque era o mais próximo que podiam chegar de Deus. Mas quem anda assim está muito próximo de acabar no poço da infelicidade, porque deixou a alma esfriar em relação a Deus.

 

1)- Devemos tomar cuidado para não nos tornarmos religiosos sem intimidade com o Pai.

16.6   E Jesus lhes disse: Vede e acautelai-vos do fermento dos fariseus e dos saduceus.

 

Os fariseus eram conhecidos por ensinar a palavra de Deus, de ouvir, mas não praticar a comunhão com Deus. Deus não deseja que sejamos crentes cabeçudos, que racionalizam, duvidam e não põe em prática Sua palavra.

 

2)-Devemos creditar cada milagre aos cuidados do nosso Pai.

16.9   Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para cinco mil homens e de quantos cestos tomastes?

Aquelas pessoas haviam recebido milagres há pouco tempo:

- viram cinco pães alimentarem cinco mil homens;- viram sete pães alimentarem quatro mil homens; E acharam que tudo isto viera da habilidade dos padeiros!

A pessoa que não ora, busca a Deus, se esquece facilmente de tudo o que Deus fez na sua vida.

 

3)-Devemos tomar cuidado para não deixar nossa fé enfraquecer

16.12   Então, entenderam que não lhes dissera que se acautelassem do fermento de pães, mas da doutrina dos fariseus e dos saduceus.

Os fariseus deixaram a oração e intimidade com Deus pelo estudo,e pelo trabalho e pelo contato com pessoas sem fé, que acabou os influenciado. Muita gente jamais influencia, mas é influenciada o tempo todo!

 

Conclusão/Desafio

Peça ao Espírito Santo para te livrar de toda religiosidade para ter uma vida feliz. Se você está frio, ore e tenha um renovo Espiritual para ter uma vida feliz e tranquila, aguardando a manifestação da glória de Deus.

Pr Fabio Alcantara


Escrito por Pastor Fabio às 20h59
[] [envie esta mensagem] []


05/03/2018


Escrito por Pastor Fabio às 09h23
[] [envie esta mensagem] []



QUERIDO/A LÍDER DE GP´s

PROCURE NO SEU GRUPO AS PESSOAS QUE ESTÃO DISPOSTAS A FAZEREM

CASAS DE PAZ

NOS MESES DE ABRIL E MAIO.

DIA 18, INICIAREMOS O TREINAMENTO PARA ELES/AS.

E EM JUNHO TEREMOS ENCONTRO COM DEUS.


Escrito por Pastor Fabio às 09h23
[] [envie esta mensagem] []



ESTUDO

SEMANA DE 05 DE MARÇO

 

Secretaria da Solidão

 

Texto Bíblico: João 14.16-18

 

Introdução

A primeira-ministra britânica, Theresa May, nomeou uma "secretária da Solidão", encarregada de buscar soluções para o problema da solidão entre os britânicos. A secretária apontada, Tracey Crouch, disse estar orgulhosa de ter sido escolhida para enfrentar o que chamou de "desafio geracional" que, estima-se, afeta cerca de 9 milhões de pessoas no país, nas mais diversas faixas etárias. Um relatório divulgado no ano passado indicou que o impacto negativo da solidão sobre a saúde pode ser semelhante ao de fumar 15 cigarros por dia.

 

 

Desenvolvimento

A solidão é triste. Ninguém pode viver sem falar com alguém por muito tempo. A vida espiritual fornece recursos para enfrentar a solidão. Alguém que crê na presença constante de Jesus pode até se sentir falta das pessoas, mas nunca estará solitário. Jesus cuidará sempre de nós.

 

1)- Jesus Cristo promete voltar

— Não vou deixá-los abandonados, mas voltarei para ficar com vocês. (João 16.18)

 

O texto bíblico acima mostra Jesus consolando os discípulos acerca da sua partida. Eles ficaram tristes porque a vida deles estavam fortemente arraigadas em Jesus. Mas o Senhor conversa com ele s prometendo um consolador, que é eu Espírito que estaria sempre com eles. Ele pediria ao Pai e ele os concederia um Auxiliador que ficaria com eles para sempre.

O mundo não poderia conhecer esse auxiliador, pois não o conhece. Realmente quem não conhece a Jesus Cristo não pode experimentar essa companhia. É necessário primeiro crer através da Bíblia. Daí a importância que todos conheçam ao Senhor para não cair em solidão adoecedora.

 

 

2)- A volta de Cristo trará uma alegria extrema

Assim também agora vocês estão tristes. Mas eu os verei outra vez, e o coração de vocês ficará cheio de alegria, e ninguém poderá tirar essa alegria de vocês. João 16.22

 

Quando uma pessoa se envolve com o Senhor, passas a ter um grande anseio pela sua presença. Muitos dizem que “Deus é importante, mas alguém por perto é de grande alento”.  Podemos ficar tristes por algum período, mas a lembrança da sua promessa de que estará conosco novamente faz de nós pessoas extremamente satisfeitas.

A alegria da Sua presença é um bem que traça não come, ferrugem não corrói e ladrão não rouba. A alegria do cristão será sempre uma obra que o Espírito de Cristo promoverá em nossos corações. Podemos até passar por solitude, mas nunca por solidão.

A Bíblia diz que Deus é Pai dos órfãos e juiz das viúvas é Deus em sua santa morada. Deus faz com que o solitário more em família; liberta os cativos e lhes dá prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril. Salmo 68.5-6

 

 

3)- Precisamos viver em comunhão

Todos os dias, unidos, se reuniam no pátio do Templo. E nas suas casas partiam o pão e participavam das refeições com alegria e humildade. Atos 2.46

 

Os cristãos bíblicos perseveravam na Palavra, partiam o pão, oravam juntos, eram unidos e tinham tudo em comunhão, louvavam a Deus e por isso chamava a atenção dos incrédulos.

A vida de fé nos Grupos Pequenos, a participação nos cultos, e nos eventos da Igreja são poderosos antídotos contra a solidão. Além do mais, todos deveriam cultivar um forte ciclo de amizade. Lembre-se de que os filhos um dia irão embora, por isso não os utilize como desculpa e empecilho de não participar dos eventos. Pode ser um tiro no pé.

 

CONCLUSAO

Se você vislumbra momentos de solidão, procure tomar atitudes positivas, conforme a Bíblia nos ensina. Certamente você experimentará grande transformação na sua vida social e de fé. Procure fazer parte de uma “panelinha” na igreja.

Como anda a tua vida?

 

Pr Fábio Alcântara


Escrito por Pastor Fabio às 09h21
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   



BRASIL, Sul, CURITIBA, REBOUCAS, Homem, Portuguese


Histórico

OUTROS SITES
    Blog do Pastor Fabio
  Igreja Metodista
  Igreja Metodista Guarapuava


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog